SE INSCREVA Na nossa newsletter

All rights reserved to Larissa Vaiano Moleti | Website developed by Larissa Vaiano

O PODER DA GRAVATA - LARISSA VAIANO MOLETI - CPF: 368.382.628-27 - Sâo Paulo - SP - CEP: 03357-050 - Brasil

Pra Larissa de 12 anos de idade

09.11.2015

 

A maioria das pessoas que me conhecem hoje custam a acreditar que a menina da foto ai sou eu. Pois é. Até os 13 anos de idade eu fui gordinha e, pra todas as pessoas que me conheciam eu parecia não me importar com isso. 

 

Eu demorei pra contar isso para os meus amigos e família, mas nessa época eu ouvia, quase que todos os dias uma frase da minha avó que martelava na minha cabeça todos os dias antes de dormir. Ela me colocava no colo e dizia no meu ouvido só pra eu ouvir: "Larissa, gorda desse jeito você nunca vai ser Miss Brasil". Eu fazia de conta que eu não me importava. Mas quando eu deitava a cabeça no travesseiro a voz da minha avó brotava e eu só chorava porque eu não poderia ser Miss Brasil. No dia seguinte, eu acordava e fazia de conta que nada daquilo tinha acontecido. 

 

Com 14 anos meu corpo mudou muito, eu emagreci 12kg do nada e, de lá pra cá, eu já não sou aquela gordinha. Eu amo meu corpo. Ele não é perfeito. Mas eu amo ele do jeito que ele é. O que eu não gosto eu me esforço pra melhorar, sem encanar que ele tem que ser igual o da menina da revista.

 

 

Mas é impressionante como aquela frase que a minha avó me dizia convive comigo até hoje. Eu sou magra (minha mãe até acha que sou magra demais agora), mas eu me olho no espelho e lá no fundo eu não reconheço a menina que eu vejo. Muitas coisas na minha cabeça ainda funcionam como a menina gordinha de 12 anos que uma vez foi barrada num brinquedo no Parque da Turma da Mônica porque estava acima do peso e teve que ver todos os seus primos brincar e ficar ali chupando o dedo. A gordinha que não conseguia se pendurar em brinquedos do parquinho porque não tinha força pra aguentar o próprio peso (e até hoje penso assim!). Ela que não gostava de brincar de queimada porque nunca foi rápida pra correr e era sempre o alvo mais fácil. 

 

Não. Eu nunca tive nenhum desturbio alimentar, se você pensou nisso. Eu nunca segui dietas restritivas. Mas hoje eu me alimento tão bem, e é tão natural, que eu sei que muita gente acharia que estaria de dieta se comesse o que eu como. 

 

Mas o que eu queria com esse post é dizer pra essa menina da foto que pra ser Miss Brasil primeiro ela precisava querer e, segundo, crescer alguns centímetros. Antes de chorar você tinha que lembrar que você nunca sonhou em ser Miss Brasil. Você era uma criança. E seu corpo ia mudar. Você ia virar "mocinha", os hormônios iam transformar tudo no seu corpo. Seu interesse pela sua alimentação ia mudar (e muito!). Sua consciência com a necessidade de fazer atividade física ia surgir, e seu gosto por isso só ia aumentar. 

 

Lari, não precisa chorar! Você vai se transformar numa mulher linda. E você vai se amar e se cuidar muito. 

 

Obs: eu e minha avó nos amamos muito e eu não guardo o menor rancor dessa fase. Ela me fez perceber que eu não queria ser Miss Brasil mesmo =)

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

JÁ VIU OS ÚLTIMOS VÍDEOS?